07 fevereiro, 2011

Mais umas dicas para melhorar a postura.

3 comentários:

  1. Desculpe, vir aqui. Mas sinto-me confusa. Já fui a um osteopata e parece que toda a minha situação piorou. Antes, conseguia mover o meu braço, apenas doía. ( tive um episódio há uns meses em que peguei em peso excessivo, o que acarretou um inchaço enorme no seio, e julgou-se o pior e que ainda não se sabe, descobriu-se uma série de quistos e inflamações… o senologia disse que as dores provinham daí e não quis saber do ombro e etc… meses mais tarde doendo o ombro, resolvi ir no osteopata!) Após acupunctura e reorganização das cervicais, alem dos tendões que estavam debaixo da axila que pareciam atrofiados, surgiu ou aumentou o problema de dor no ombro e de não conseguir elevar ele além dos 90 graus. Fiz várias consultas e a situação piorou. Até que resolvi fazer os raios –x e deparei-me com esta situação. Não sei como hei-de dormir. A dor agora estende-se pelo braço. No entanto tenho imensa mobilidade e flexibilidade nas mãos, mas ao menor movimento parece que tenho um nervo que percorre todo o braço. Tenho força no braço, apenas o movimento activa mais, para além da dor diária mesmo em descanso.

    Poderá ajudar-me, como posso dormir melhor para não me doer o ombro e braço e as cervicais? Devo parar de trabalhar com o braço? O meu trabalho envolve escultura em duas áreas distintas e materiais.

    Aqui deixo o relatório:


    Raio –X da Coluna cervical e ombro direito

    Acusou: na curvatura fisiológica lordótica cervical sendo evidente processo de uncocervicartrose com discopatia de C5 – C6.

    Alterações degenerativas.

    Úmero em posição discretamente alta, com diminuição do espaço infra-acromial e esclerose do troquiter.


    Ecografia axilar

    Observa-se pequena formação ganglionar em sede axilar ou podendo tratar-se de pequeno hematoma colectado, na zona profunda do tecido celular sub-cutâneo medindo 9x3mm de diâmetro e sem características suspeitas.

    Efectuamos a visualização sumaria das estruturas do ombro, observando-se líquido na bainha sinovial da longa porção do bicípite assim como diminuição da espessura do supra-espinhoso que poderá estar em relação com rotura parcial.



    Estou profundamente cautelosa, neste momento de decidir para onde devo ir realmente!!! Embora tenha consulta marcada. Mas necessito de opiniões...

    Obrigada pela sua atenção

    Marie

    ResponderEliminar
  2. Marie,

    Tem uma tenossinovite no braço, provavelmente uma tendinite calcificante e talvez, uma patologia discal compressiva de raíz nervosa, que lhe pode dar esses sintomas. É tudo extremamente comum, sem riscos mais sérios, mas precisa de uma terapêutica adequada. Provavelmente fazer um TAC à cervical, fisioterapia, analgésicos/ antiinflamatórios. Não deve dormir para o lado do braço e evite esforços grandes e repetitivos com os membros superiores.

    ResponderEliminar
  3. Caro Bruno,

    Obrigada pela sua resposta. Irei contactá-lo. Necessito de mais orientação, antes de tomar uma decisão.

    Marie

    ResponderEliminar